O que é Depressão?

Depressão é o nome dado à um estado de profunda e persistente tristeza e apatia que pode afetar os pensamentos, comportamentos, sentimentos e sensação de bem-estar de uma pessoa.

Pessoas com depressão podem se sentir tristes, ansiosas, vazias, preocupadas, culpadas, irritadas, feridas, exaustas e sem esperanças. Elas podem perder o interesse em atividades que eram prazerosas, perder totalmente o apetite ou comer além da conta, ter problemas de concentração, memória ou tomada de decisão e, podem ter tendência ao suicídio. Insônia, excesso de sono, fatiga, perda de energia, dores generalizadas e problemas digestivos podem também se apresentar em pessoas com depressão.

As depressões podem ser classificadas em diferentes tipos como por exemplo:

Transtorno Depressivo Maior

Este é o tipo mais grave de depressão. Neste transtorno, a pessoa costuma apresentar maior quantidade de sintomas depressivos, e eles são mais graves. Pode ser resultante de um evento traumático único na vida, ou pode se desenvolver mais gradualmente ao longo dos anos, em conseqüência a várias decepções pessoais e ao enfrentamento de vários problemas. No entanto, algumas pessoas desenvolvem o transtorno depressivo maior, sem nenhum fator estressante identificável. Outros apresentam uma depressão crônica mais leve e, ao vivenciarem um trauma, desencadeiam uma depressão mais grave.

A depressão maior pode ocorrer uma única vez na vida, responder ao tratamento adequado e nunca mais recorrer. Algumas pessoas, no entanto, tendem a apresentar episódios recorrentes, intercalados com períodos de tempo variável, no qual se encontram totalmente livres de sintomas. Geralmente, as recorrências estão associadas à novos eventos traumáticos.

Transtorno Distímico ou Depressão Crônica

A característica essencial do Transtorno Distímico é um humor cronicamente deprimido que ocorre na maior parte do dia e na maioria dos dias, por pelo menos 2 anos. Os indivíduos com Transtorno Distímico descrevem seu humor como triste ou “na fossa”. Este transtorno se caracteriza principalmente pela falta de prazer ou divertimento na vida e pelo constante sentimento de negatividade.

Transtorno Bipolar

O Transtorno Bipolar é um distúrbio cuja principal característica é uma acentuada oscilação do humor, com alternância entre fases de grande euforia e intensa tristeza. Estas oscilações podem acarretar prejuízos para o indivíduo chegando a comprometer a qualidade dos relacionamentos pessoais, a performance no trabalho ou mesmo levar ao suicídio. O distúrbio bipolar geralmente se desenvolve na adolescência, mas os primeiros sintomas às vezes são observados na infância ou mesmo na vida adulta. Os sinais da doença se apresentam na alternância entre os períodos de mania e depressão.

Depressão Psicótica

Depressão psicótica é definida pela ocorrência do rompimento com a realidade, alucinações e delírios durante um episódio de depressão maior. Pessoas com depressão psicótica apresentam maior índice de morbidade e mortalidade que pacientes com depressão não-psicótica. Apesar de frequentemente ocorrerem recaída e recorrência na depressão psicótica, poucos estudos abordam a eficácia do tratamento de manutenção e continuação. A depressão psicótica é uma forma grave de transtorno de humor. O uso de antipsicótico durante as fases de manutenção e continuação é pouco estudado e não há resultados conclusivos.

Depressão Pós-parto

A depressão pós-parto (DPP) é uma forma de depressão que afeta mulheres após terem dado a luz a um bebê. Este transtorno tem as mesmas características de uma depressão normal, ou seja, a pessoa sente uma tristeza muito grande de caráter prolongado, com perda de auto estima, perda de motivação para a vida, podendo até mesmo tentar o suicídio. Em casos mais graves da depressão pós-parto, algumas mulheres apresentam tendência ao abandono do recém nascido ou mesmo ao seu extermínio.

Depressão Sazonal

O Transtorno Afetivo Sazonal (TAS) ou depressão de inverno, como costuma ser conhecida é uma forma de depressão que, como o próprio nome diz, ocorre principalmente durante o outono e o inverno, onde a falta de luz solar pode tornar as pessoas mais vulneráveis a flutuações normais de humor. A diferença básica entre o Transtorno Afetivo Sazonal (TAS) e a depressão maior é que esta última não precisa de uma época do ano específica para se manifestar e não desaparece com as mudanças de estação.

Quer experimentar um Tratamento para Depressão natural, sem contra-indicações e sem efeitos colaterais? Então CLIQUE AQUI e assista este video que poderá transformar a sua vida.

Este artigo lhe foi útil? Então CurtaComenteCompartilhe e Vote logo abaixo.
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)

Loading...Loading...

7 Comments

  • Fatima

    Reply Reply 24 de julho de 2013

    Amei esse artigo, porque eu estou com uma ansiedade e com receio de ser depressão. O médico indicou rivotril 05 e vou iniciar o tratamento por 02 meses. Ficarei boa em nome de Jesus…

    • saulo

      Reply Reply 29 de julho de 2013

      Olá Fátima,

      O remédio foca apenas nos sintomas e não atuam na real causa do problema. É interessante você também procurar trabalhar a causa do problema.

      Boa sorte!

  • MIRIAN

    Reply Reply 27 de julho de 2013

    tenho que procurar um medicooo…O MEU DEUS

    • saulo

      Reply Reply 29 de julho de 2013

      Olá Mirian,

      O médico não é a única opção para casos de depressão. Há diversas outras opções, principalmente se estiver no início. Há diversas linhas terapêuticas que tem excelentes resultados. O primeiro passo é o autoconhecimento.

      Espero que este site lhe traga informações que possam lhe ser úteis.

      Um Abraço!

  • michel

    Reply Reply 4 de agosto de 2013

    preciso de ajuda..

  • Norma Lipovetsky

    Reply Reply 15 de outubro de 2013

    Passei por um período de depressão leve, assim diagnosticada. Fico imaginando o sofrimento dos que desenvolvem a depressão profunda. É muito doloroso. Fiz um tratamento de 1 ano e meio, recuperei minha autoestima, um verdadeiro resgate de mim mesma!
    Sua página é um caminho que conduz as pessoas ao esclarecimento. Parabéns pela iniciativa e que Deus abençoe infinitamente o seu trabalho de boa vontade para com o próximo. Enviei aos que necessitam desta luz. Grande e fraterno abraço, Norma

  • Patricia

    Reply Reply 29 de outubro de 2013

    axo q estou tbm pq tenho varios simtomas,mas não sei o pq?tenho de procurar um medico?não gosto de tomar remedios!

Leave A Response

* Denotes Required Field